O poder da música pt2

Publicado: 5 de fevereiro de 2011 em Sem categoria

já faz algum tempo que escutei a versão que o projeto Playing For Change fez da música “Stand by me”, uma das minhas favoritas quando era criança. é curioso que nas primeiras vezes que a ouvi, não entendia nada de inglês, e mal falava português direito, e mesmo assim sempre achava a música inspiradora.

A sensação que tinha ao escutá-la era de desejar sentir aquilo que a música falava. hoje que sei a tradução dessa canção constato que desde pequeno de certa forma sabemos o que queremos, e mesmo quando nos desviamos um pouco, ao lembrarmos do que queremos voltamos para o nosso caminho. Talvez, essa seja um dos grandes dons da música, nos colocar em nosso caminho.

Leia o resto deste post »

O poder da música pt1

Publicado: 4 de fevereiro de 2011 em Tocando pelas Beiradas
Tags:,

É impressionante o poder da música, e da arte em geral.

A música costuma nos dá nocautes, ou quem nunca foi pego com um golpe certeiro de uma composição que exprime o que você sente ou que gostaria de sentir?

Leia o resto deste post »

Na minha missão de um livro por semana e um post por semana, nada mais justo do que unir o útil ao agradável, escreverei sobre O livro que terminei hoje, A Cabana.

O Livro, apesar de não ter nenhuma semelhança com Lost, me fez lembrar em essência da última temporada da série, e como passei praticamente em branco sobre todo barulho ao redor do polêmico final, quis aproveitar a deixa pra falar um pouco sobre a série mais importante da década, na minha humilde opinião.

Leia o resto deste post »

2011…

Publicado: 13 de janeiro de 2011 em Pensamentos Introspectivos


Depois de quase 02 anos, é estranho parar em frente ao computador e começar a escrever. O mais estranho que colocar pra fora o que penso, independente do assunto, talvez seja minha melhor terapia, e no melhor estilo Hank Moody, estive fugindo disso, até agora.

Eu queria um motivo pra voltar e acho que não há nada melhor do que falar sobre o novo ano. Uns 02 episódios atrás da série One Tree Hill, Nathan, um dos personagens da série, disse ao filho que as vezes o caminho mais difícil é que vai ensiná-lo mais, mesmo que este caminho o leve a uma derrota inicial, e bom, estou falando disso porque li tanto sobre o ano de 2010, e era um consenso de que foi um ano não muito fácil, e eu estava indo nessa linha de raciocínio até assistir esse episódio, até parar pra entender o que ano passado representou pra mim.

Leia o resto deste post »